Elevador.org 3.0 Home · Tudo · Notícias · Diários · Culinária · Games
Henshin-a-Go-Go, Baby!

Games
Por Jiguryo
do depto. heróis em spandex, Seção Games
Postado em Tue Nov 18th, 2003 at 15:23:37 BRST
Você... que é fã doente de cinema, quadrinhos ocidentais, anime & mangá e aqueles seriados japoneses de super-herói em spandex: chegou Viewtiful Joe, jogo exclusivo da Capcom para o Nintendo Gamecube. O fim do ano se aproxima e o jogo já levou 3 indicações ao BAFTA (British Academy of Film & Television Arts) na área de games (Melhor Design, Melhor Animação ou Apresentação, Melhor Jogo de Gamecube). O que faz desse engraçado, frenético e viciante jogo um dos melhores do ano?

Hideki Kamiya, criador de franquias como Devil May Cry (PS2), avisou que faria um jogo "lindo" com jogabilidade "linda" e que seu herói teria movimentos "lindos". Deixou meio mundo coçando a cabeça com isso, até vazarem as primeiras screenshots do tal jogo. As screens sozinhas não me disseram muito, parecia um jogo bonitinho em cel-shading (você sabe, quando utilizam um jogo de texturas com cores chapadas e que parecem desenho animado ou quadrinhos) e normal. Grande erro meu, e de muita gente que torceu o nariz pro jogo na época... na boa, Viewtiful é pouco pra definir esse título. ("Viewtiful = Beautiful + View", segundo o manual do jogo...)

A história é clichê até a medula, e é exatamente essa a graça do negócio... Joe (um carinha normal) e sua namorada (uma deliciosa nerd) Silvia, vão ao cinema ver um filme antigão do herói favorito de Joe, Captain Blue. Ela vai meio contrariada, mas sabe como é, o primeiro encontro com o gato dela... mas as coisas não dão tão certo assim: não contente com o fato do Joe dar mais bola pro filme do que pra ela, acontece o maior imprevisto de todos -- o vilão do filme rapta Silvia para dentro do filme, e Joe acaba sendo sugado para a tela também, só que por Six Majin (entenderam? entenderam?), o robô gigante de Blue. Como Blue foi derrotado no filme, ele resolve tomar Joe como seu sucessor, que vira um herói pouco espalhafatoso: roupa e capacete vermelhos, detalhes em branco e um longo cachecol rosado. Agora se imagina na mesma situação: você virou o sucessor do seu herói favorito. Você ia ficar muito metido, não é? Acredite, Joe consegue ficar mais metido ainda. :P E o velho e barrigudo Captain Blue -- pô, o cara é mais velho, que que você queria? -- vai ensinando os poderes que o cinema proporciona, o que é o grande pulo do gato desse jogo.

Na onda de Matrix e Max Payne, comecemos com o Slow: você aperta L e tudo fica em bullet-time na tela (e com isso você pode rebater mísseis e balas, ver ataques de inimigos mais rápidos que o usual, etc). O segundo poder que ele aprende é o Mach Speed, quando tudo fica muito mais rápido (e você pode mandar uma sequência devastadora de golpes que te deixa em chamas, e seus inimigos também... e dependendo do nível do seu personagem, chegam a ter até 6 Joes na tela atacando os outros inimigos de tão rápido que você é!). E o último poder é o Zoom, em que rola... um zoom, e os inimigos mais fracos tremem nas bases ao acontecer isso (e é quando os golpes mais bonitos do jogo rolam). Só tem que ficar de olho no medidor de VFX, porque se acabar... você volta a ser o Joe normal sem poderes até que o medidor se recupere! Ah sinm, além dos poderes VFX rolam golpes novos para comprar entre fases... menções honrosas ao Red Hot Kick (o nome diz tudo: é um chute flamejante) e ao melhor de todos... Viewtiful Forever (se você desvia dos ataques na hora e mandar o zoom, Joe faz uma pose tão estilosa, mas TÃO ESTILOSA que afeta todos os inimigos que estiverem por perto... e tem mais de uma pose, claro! Como eu disse antes, Joe ficou muuuuito metido depois que virou herói)

A jogabilidade é 2D, tipo os Double Dragon da vida, mas com um cenário pseudo-3d ao fundo que faz parecer que você está num mundo artificial... como cinema, ou quadrinhos. O jogo em movimento é algo de fenomenal: a animação é muito fluida, e qualquer sequência de golpes -- bem variados, mesmo que sejam só socos e chutes -- que você mandar fica inevitavelmente bonita, já que todos os frames de animação se encaixam perfeitamente. E não é que o maldito cachecol rosa fica bonito em movimento?

Uma das poucas reclamações que eu teria do jogo é a pouca variedade de inimigos, meio que variações sobre o mesmo look... mas até que faz sentido, se você pensar naqueles malditos soldados Hidler do Changeman ou similar... sempre tinha um bando de inimigos iguais antes do chefão, então pronto! Mesmo porque o jogo é uma clara homenagem a todas aquelas séries tokusatsu (Spectreman, UltraSeven, Japsion, etc... historia focada em um herói principal que se transforma no herói) e ao cinema: as mais fáceis de pescar são os nomes das fases, mas rolam várias referências a filmes, videogames, bandas de rock... E se estiverem se sentindo meio "quero ler spoilers" --- mas acreditem, mesmo sabendo antes continua sendo engraçado pacas no jogo -- pule pro final do texto.

Resumindo: Viewtiful Joe é um dos melhores jogos do ano pra consoles. Apresentação impecável, dos detalhezinhos bestas (tipo aparecer aqueles buracos do filme no topo e fundo da tela quando Joe fica no seu estado normal, e aparece ruído e arranhados no filme), passando pelo conceito foda (como é um filme, as dificuldades são Kids e Adults... quando se escolhe a Kids, ouve-se risadas de criança no começo da projeção e alguém pedindo silêncio... e o logo da Adults parece aquele neon vagabundo de casa de striptease... se você pausa o jogo, tem comentários do diretor como "... bathroom?", "take 2!", "make sure you flush the toilet!"... e entre cada fase, aquele narrador tipo de seriado: "o que será que Joe enfrentará daqui em diante? quem é esse misterioso inimigo! Não percam o próximo episódio", etc), a jogabilidade excelente e de fácil aprendizado, e o mais importante de tudo: fator de replayability! Se você zera no mais fácil, você destranca um videoclip da música-tema Viewtiful World (com direito aos clichês de video de rock... e capitalizando em cima de que Joe é os cornos do vocalista do Limp Bizkit, só que mais legal... o que não é difícil... ah sim, a banda dele é formada pelos vilões do jogo), e nas outras dificuldades tem mais três personagens pra destrancar e jogar o jogo todo, cada um com uma história diferente... Afinal, hoje em dia história que se preze tem que ter três episódios ou prequel ou a história mostrada por pontos-de-vista diferentes, né... dica, dica ;)

A Capcom acertou em cheio. Depois dessa, só tenho a dizer o seguinte: LIFE IS VIEWTIFUL!











REFERÊNCIAS DE FILME QUE EU PESQUEI EM VIEWTIFUL JOE:
X-Men
A Rosa Púrpura do Cairo (The Purple Rose of Cairo)
Guerra Nas Estrelas (Star Wars)
Tubarão (Jaws)
20.000 Léguas Submarinas (20.000 Leagues Under the Sea)
Fugindo do Inferno (The Great Escape)
Quanto Mais Quente Melhor (Some Like It Hot)
Perdidos na Noite (Midnight Cowboy)
Sete Homens e Um Destino (The Magnificent Seven)
Moby Dick
Yellow Submarine

REFERÊNCIAS DE MÚSICA QUE EU PESQUEI EM VIEWTIFUL JOE:
Beatles
James Brown

REFERÊNCIAS DE VIDEOGAME QUE EU PESQUEI EM VIEWTIFUL JOE:
Nintendo Gamecube (é... referência ao próprio console)
Megaman
Super Mario Bros.
Metroid
Devil May Cry

REFERÊNCIAS DE TV QUE EU PESQUEI EM VIEWTIFUL JOE:
todas as séries japonesas do mundo.
< Flashbacks Elevador.org (3 comments) | When I'm 64-Bit (0 comments) >


Modo: Ordem:
Henshin-a-Go-Go, Baby! | 2 comentários (2 por topico, 0 editorial, 0 oculto)

Re: Henshin-a-Go-Go, Baby! (none / 0) (#1)
por Shade (shades_box na yahoo dot com dot br) em Sun Nov 23rd, 2003 at 05:08:24 BRST
(User Info) http://shade.blogspot.com

Excelente matéria, Reps. Continue assim!

[]s



Menu
· Criar conta
· La Faque
· Busca

Login
Deixe-me entrar!!!
Usernameson:
Passwordson:

Hit Parade
  7 Usuários leram essa história.

Links a ver
·
· Viewtiful Joe
· Capcom
· Nintendo Gamecube
· já levou 3 indicações
· BAFTA
· Devil May Cry
· Matrix
· Max Payne
· Double Dragon
· Changeman
· Spectreman
· UltraSeven
· Japsion
· pule pro final do texto
· Limp Bizkit
· Mais em Games
· Mais por Jiguryo


Powered by Scoop

Elevador.org 3.0®
©2003 Groom Lake - Roswell Research
Todos os logos e marcas neste site são de propriedade de seus respectivos donos. O resto é nosso.
Elevador.org 3.0 é feito com Scoop + Apache + Perl


create account | faq | search